Como trazer seu cão para o Reino Unido na cabine [Parte 4]

** Este post era originalmente 1 só, mas resolvi dividir pra facilitar a leitura. Então se tiver escrito algo do tipo “como eu comentei em cima” ou “Como acabei de falar”, não repara! =) Enjoy!

-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-

COMO TRAZER SEU CÃO PARA O REINO UNIDO NA CABINE

PARTE 4 – RELATO DO PROCESSO DE VIAGEM

-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-

RELATO DE VIAGEM

  • No dia que antecedeu a viagem foi comprado algumas coisinhas para por numa bolsa para levar DENTRO DA CABINE. Nela tinha: 1) o tapete de fralda para colocar no fundo da bolsa e para servir de apoio para a água e comida nos hoteis; 2) biscoito que ele é viciado para dar um pouco durante o voo; 3) 2 potes plásticos para água e comida; 4) saco de ração que ele já está acostumado; 5) pote estilo tupperware para colocar arroz + carne + frango (comida que ele mais gosta) para ele comer no Hotel em SP (foi levado na mala de mão, o pote com essa comidinha congelada e passou tranquilo na verificação de malas; no hotel foi pedido para o staff esquentar); 6) sacos para recolher as necessidades dele; 7) lenços umidecidos (esses de bebê) para limpar as mãos durante o voo ou limpar ele ou algo que necessitasse; 8) um conta gotas para dar água, para molhar a boca dele durante o voo (só foi feito duas vezes, quando observou-se que o nariz tava muito seco); 9) plasil e remédio para diárreia (a veterinária que recomendou os dois, pois alguns cães quando estão muito nervosos podem ter disfunção intestinal), mas não precisei dar; 10) cobertor, toalha, e uma roupa. A bolsa que comprei tem uma parte funda dura peluciada, foi por cima dela que colocou-se o tapete de fralda, e por cima do tapete foi colocada a toalha. Durante o voo, adicionou o cobertor e ele ficou bem quentinho. Foi medido a necessidade do cobertor pelo frio da pessoa, na verdade. Só foi usado roupa dele na França, depois de pegar as malas.
  • Logo cedo no outro dia, ele foi levado para um passeio. Não foi dado comida, pois ele só come duas vezes (meio dia e às 18h).
  • Chegando no aeroporto com 3 horas de antecedência, o atendente da TAM não olhou para a caixa de transporte (essa parte quando me contaram fiquei nervosa, pois eu achei que o atendente já iria estar com uma fita métrica) e a própria pessoa que o levou que acabou pesando (7,2 kg! Mas eles nem ligaram). Foi retirado a parte do fundo da bolsa (uma parte dura que é removível), para diminuir o peso, mas foi colocado logo após a pesagem. Além disto, o atendente nem sabia direito quais os documentos deveria conferir e eu logo foi dado o CZI e a carteira de vacinação. Ele NEM OLHOU O CZI, só olhou a carteirinha. O voo saiu de manhã da minha cidade e chegou em Guarulhos antes do meio dia. Surpreendemente ele ficou dormindo o voo todo. Foi deixado a parte de cima da bolsa aberta, para fazer carinho nele, e para ventilar melhor.
  • Pegou-se o shuttle (van) do Hotel Matiz. Foi reservado um Day-use para poder esperar o próximo voo e esse hotel aceita cães e gatos por uma taxa.
  • Meu cachorro almoçou quando chegou no hotel (aquela comidinha congelada que foi colocado na mala). O voo para França era só as 22h, então o tempo no Matiz foi aproveitado para descansar e tirar uma soneca.
  • Umas 16h ele foi levado para passear, dando voltas dentro do hotel (tem uma área verde bem ‘boa para cachorro’) – esperando o número 1 e 2 para que ele ficasse o mais aliviado possível para enfrentar as 10h de voo.
  • Às 18h ele jantou (outro potinho da comida congelada). Foi feito o check-out no hotel às 19h30, e pegou-se o shuttle para o aeroporto GRU.
  • O voo atrasou 5 horas para sair! Que maravilha!!!! Então nesse tempo, foi deixado a casinha aberta (com ele preso na trava de segurança) e o pote dele com água perto caso ele sentisse sede.
  • Assim que entrou no avião (um Boing 777) foi avisado à aeromoça sobre a presença dele, e ela meio exigente já disse para deixar a bolsa toda fechada, inclusive a janela de cima!! Obviamente que para o bem-estar do meu animal, ela foi ignorada. Durante o voo ele dormiu o tempo todo. Acordou algumas vezes para pedir colo (o que era impossível), e para fazer carinho. Jantou-se normal, sem ele ficar aguniado com o cheiro da comida, pois ele realmente estava podre de sono, com a barriga cheia, e o tanque vazio. Como ele estava preso pela bolsa (pela coleira de segurança), todos dormiram tranquilos o voo todo.
  • Na chegada no CDG (Aeroporto de Paris), passou-se pela Polícia para mostrar os passaportes e não se falou nada do meu animal. Ele ficou dentro da casinha fechada, enquanto a policial carimbava os passaportes. Logo depois da Polícia, você vai pegar suas malas, e é na saída que você vai encontrar o policial francês que vai pedir os documentos do animal. Detalhe: o policial perguntou “ele foi vacinado contra raiva?” e foi dito “sim”. “ok, pode ir”. Novamente, não foi mostrado o CZI e nem nada pra ninguém.
  • Após pegar as malas, você deve pegar o metrozinho do próprio aeroporto em direção ao terminal que fica os ônibus de cortesia dos hotéis. Foi no momento em que não podia mais passar os carrinhos de levar malas, que foi encontrado uma porta pra rua e o meu pequeno foi fazer xixi, enquanto outra pessoa ficava olhando as malas. O coitadinho fez litros de xixi, tadinho!
  • Pegou-se o ônibus ROSA em direção a um hotel em Roissy-en-France (local ao lado do Aeroporto CDG) e passou-se a noite no B&B Hôtel Paris Roissy CDG Aéroport que também, obviamente, aceita cachorros por uma taxa.
  • Antes de dormir, ele foi passear novamente na rua do hotel (muito boa por sinal, bem tranquila) e foi dado a janta dele (ração com um rstinho de carne da janta do avião). Depois de comer ele caiu de sono até o dia seguinte!
  • Logo no dia seguinte, saiu cedo para passear com ele, foi dado um biscoito, e tomou-se o café do hotel. Não deixe seu cachorro sozinho no quarto nenhum momento. O meu cachorro é muito carente, e eu sei que ele não estava entendendo nada do que acontecia.
  • Foi feito o check-out e ficou aguardando o onibus rosa para retonar ao aeroporto. Seguiu-se em direção ao terminal do TGV (trem) que ia para Lille Europe.
  • Saindo de Lille Europe, andou-se 10 min a pé até Lille Flandres, onde pegou-se o TER, que levou para Callais Ville.
  • Em Callais Ville o Taxi já estava esperando! Segundo relatos, o motorista Patrick, foi um gentleman! Super querido e educado, conversou bastante e deixou meu cachorro à vontade para ficar no banco do carro. Mesmo assim foi mantido ele dentro da casinha, pois não sabia se ele ficaria enjoado.
  • Patrick levou para o terminal de verificação da documentação da empresa EUROTUNNEL. Daí meus queridos, que você observa a diferença dos nossos queridos ingleses! Pela primeira vez alguém pediu o CZI, mandou passar o leitor para verificar o chip do meu cachorro, e conferiu LINHA POR LINHA do CZI. Carimbaram e menos de 5 min depois meu cachorro já estava livre! Meu cachorro tinha recebido o aval pra entrar no UK.
  • Voltou-se para o taxi em direção do eurotunnel, passous-se pela polícia francesa (que não estava nem aí) e pela polícia inglesa (que pediu para abrir a porta, perguntou o motivo da viagem, qual foi o trajeto todo do meu cachorro desde que saiu do Brasil, etc).
  • 20 minutos embaixo do Canal da Mancha, sem sentir absolutamente nada (segundo relatos), chegou-se no Reino Unido!!
  • Patrick deixou todos na estação de Folkstone Central, onde pegou-se as passagens na bilheteria, e seguiu-se para esperar o Southeastern Trains para London Waterloo.
  • Em Waterloo, ainda tiveram que pegar um outro trem e ônibus para chegar em casa, mas dai depende de onde você vai morar.

Pode parecer loucura, pode parecer muita coisa, mas são apenas passos que se você seguir com organização vai ficar muito tranquilo. As únicas partes cansativas foram a 5 horas de espera pelo atraso do voo em Guarulhos, e carregar as malas entre a estação de Lille Europe e Lille Flandres. Acho que demorou mais tempo pra eu escrever esse blog do que para fazer todo esse processo!!!

Uma dica FUNDAMENTAL – poucas malas, traga o essencial para você! O objetivo é reunir sua família e ter mil malas pra carregar, além da bolsa do seu cachorro não é aconselhado. Pense que você vai caminhar, subir e descer de trem, talvez subir escadas, etc.

Uma dica ESSENCIAL – a bolsa que eu recomendei tem um ganchinho pra prender na coleira do seu animal. Eu pedi pra deixar o meu preso o tempo todo, principalmente dentro do avião, trem, etc. Era a garantia que eu tinha que onde a bolsa estivesse, ele estaria. TODAVIA, ele girava muito durante a noite e durante o dia, e as vezes (não sei como) ficava entre as patinhas, por isso sempre fique olhando. Foi preso essa trava na coleira de identificação que mandei fazer colocando o nome dele e os numeros de telefones aqui do UK, assim ele não ficou com aquela coleira de passear lhe prendendo o tempo todo.

Abaixo a galeria de fotos da viagem e do meu pequeno =)

-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-

Anúncios

60 Respostas para “Como trazer seu cão para o Reino Unido na cabine [Parte 4]

  1. Pingback: Como trazer seu cão para o Reino Unido na cabine [Parte 3] |·

  2. Lena, de longe esse é blog com o maior detalhamento possível e escrito de maneira muito clara! Parabéns.
    Ainda não penso em levar meus dogs pra Inglaterra pois ficarei só um ano, mas no caso de meu marido iniciar o doutorado pleno lá, com certeza teremos que levar os filhos.
    Você sabe dizer se essa processo seria o mesmo para levar dois animais?, ou se há alguma restrição além do numero de animais por aeronave?

    ps: muito lindo seu dog!
    Abraços

    Curtir

    • Oi Rafaela!! Obrigada pelo carinho. Tomara que você consiga trazê-los (se for ficar mais tempo), porque a vida de um cachorro aqui (assim como a nossa) é MUITO boa! Parques e mais parques! =) Em relação ao número de cachorros, você só poderá trazer dois na cabine, se você vier acompanhada de outra pessoa. O máximo é 1 cachorro por pessoa. Isso foi o que eu li, mas o mais importante é ver qual cia aérea você quer vir e confirmar os pesos deles (a tam permite no maximo 7 kg contando a caixa) e o tamanho pra eles não ficarem muito apertados num voo de 10 hrs. A gol agora também permite animais na cabine, então de repente ir até SP ou RJ e de lá pegar outra cia, como a Air France ou Iberia, por exemplo. Enfim, muitas possibilidades =) Boa sorte!

      Curtir

      • Adorei o Blog!!
        Segui mais ou menos os seus passos, sem mesmo ler seu post!
        Bom, no meu caso, iremos ano que vem (2016) e já implantei o Chip e as vacinas estão ok. Nos meus planos, pensei em alugar um automóvel em Paris, ou invés de ir de Trem, pois estarei com malas. Você sabe como funciona?
        Ah, só para constar, agora o CZI é feito direto no Aeroporto de Guarulhos, 10 dias antes do embarque.
        Abraço

        Curtir

      • Olá Campanelli Freire, tudo bom? Que bom que você vai trazer seu animalzinho pra cá…tenho certeza que ele vai se divertir muito. Vamos as suas duvidas. Em relação a alugar carro, é importante você saber que se alugar na França e entregar no Reino Unido, vais pagar uma fortuna. Já é muito caro alugar em uma cidade e entregar na outra, agora alugar em um país e entregar no outro.. eu não recomendo (só se você for rica, ao contrário de mim ehehhehe). Em relação ao trem, foi super tranquilo. Se você tiver 2 malas por pessoa, o negócio já complica. Trens não tem capacidade para mais de uma mala para passageiro, sem contar que é um trabalho subir as malas na rapidez que ele para na estação. O que, de repente, você pode fazer é alugar o carro no aeroporto de Paris, por exemplo, e entregar em Calais Ville (confira uma empresa que tem esse serviço). Cuide com os horários também. Em relação ao CZI, ele é sempre feito em aeroportos. É IMPORTANTE você NÃO fazer 10 dias antes do embarque! Lembre-se que para entrar no Reino Unido, seu animal precisa ter feito o uso do remédio contra TAPEWORM (vermes). Leia o item que falo em uma das partes do post, ok? Ou seja, você precisa ter aplicado o Tapeworm de 5 dias a 24h ANTES da CHEGADA no Reino Unido. Resumindo, você não pode fazer o CZI 10 dias antes do embarque, porque nele precisa constar a aplicação do Tapeworm. Qualquer dúvida entre em contato. abraços e boa sorte!

        Curtir

      • Obrigado pelas dicas em relação ao CZI e o uso do remédio. Irei agendar tudo para dar certo o prazo.
        Quanto ao carro, será mais viável para mim, pois vou viajar com muitas malas. Depois retorno e devolvo o carro, sem problemas e sem essa taxa super alta. Abraço

        Curtir

  3. Pingback: Londres é bom pra cachorro! |·

  4. Antes de mais nada, gostaria de agradecer pelo seu blog. Eu e meu marido vamos viajar para Londres em fevereiro para passar um ano de estágio de pós-doutorado e nem pensamos em deixar nossa peludinha no Brasil. Ficamos um mês fora do país e ela toda mimada na casa minha mãe e foi muito difícil. Ela viaja de avião com frequência no Brasil sempre na cabine e nos meus pés. Nesta semana, seguimos o caminho convencional e telefonamos para diversas companhias de transporte de animais e começou a dar um aperto só de imaginar que ela vai ficar muitas horas presa sozinha no escuro. Nessa madrugada, encontrei seu blog por que queria saber como é a vida de um cão em Londres e descobri que você fez a viagem aérea por Paris. Inicialmente parece uma aventura sem fim, mas a alternativa do porão de carga me parece muito pior. Por isso, pergunto:
    1) A viagem por Paris na cabine tem sido usada com frequência? É comum? Encontrei apenas o seu blog sobre isso.
    2) Como seu cãozinho lindo chegou? Ele ficou muito estressado da viagem?
    3) Você tem ideia dos custos da viagem do aeroporto do Brasil até a chegada em Londres?
    4) Foi muito difícil alugar apartamento que aceita cão? Você alugou quando chegou em Londres ou alugou no Brasil? Tem algumas dicas de sites?
    Desde já agradeço muito sua ajuda e parabéns pelo blog que comecei a acompanhar.
    Abraço, Cristina

    Curtir

    • Oi Cristina, tudo bom? Obrigada pela mensagem sobre o blog. Eu realmente resolvi fazer 4 posts bem detalhados porque foi MUITO difícil encontrar blogs e informações corretas. O que eu fiz você pode conferir no blog e, por favor, me questione sempre que tiver dúvidas. Podemos ajudar muita gente, certo? Vou tentar responder suas perguntas de agora:
      1) Você precisa primeiro entender que dependendo do peso do seu cão, ele pode ou não ir na cabine. A TAM, por exemplo, permite no máximo 7 kg (animal + bolsa), a AIR FRANCE permite 8kg (animal + bolsa), e assim vai. Outra coisa importante é que, se o seu animal está acostumado a viajar, a viagem vai ser tranquila. O meu dormiu a viagem toda, pois o voo foi noturno (então era como se ele estivesse em casa dormindo). Além disto, ele andou e “esvaziou os tanques do numero 1 e 2” muito bem antes de viajar eheheh
      2) A viagem para ele foi tranquila, como falei, e foi FUNDAMENTAL a escolha do hotel em Paris para descansar antes de pegar os trens e taxi. Assim ele pode passear, comer, e descansar de forma adequada (e vocês também poderão ehheh)
      3) Se eu não me engano é uns 200 doláres a passagem dele. Mas o ideal é você ligar para a cia aérea que for escolher e tirar suas dúvidas.
      4) O apto em Londres não é problema, na minha visão, o mais difícil é pagar o aluguel ahahhaa. O ideal, claro, é você vir antes e organizar tudo, mas caso isso não possa acontecer nada é impossível, certo? Eu fiz um post só sobre o aluguel que você pode conferir no link abaixo! =) Se tiver alguma outra dúvida vamos nos falando! Um abraço! =) https://perdidosemlondres.wordpress.com/2015/06/10/pagando-contas-parte-2-aluguel/

      Curtir

  5. Olá ! Irei morar em Londres por 3 anos.Tenho um yorkshire de 12 anos que atualmente mora com minha avó de 94 … estou com medo de levá-lo pois ele late muito e acredito que iria incomodar os outros passageiros dentro da cabine e fico com receio de fazer ele viajar como carga viva justamente por ser ansioso…um problemão !! No entanto tenho mais 2 cachorras que moram comigo ,uma vira-lata é uma cane corso que pretendo levar.Meu marido andou vendo casa pra alugar com quintal mas ouviu dizer que os ingleses odeiam latidos ,é verdade? E sendo minhas cachorras de porte grande como eles fazem durante o inverno com os cães que ficam no quintal ??Obrigada pela ajuda !!

    Curtir

    • Oi Cristiana! Obrigada por comentar aqui. Olha, eu não aluguei uma casa, então não sei como te dizer em relação ao frio. Não acredito que seja saudável você deixá-los no frio a noite durante o inverno. Uma coisa que é importante você saber, é que o valor em reais no brasil (com gastos, eu digo) é o que eu pago aqui em libras. Por exemplo, meu cachorro foi fazer uma tosa. No Brasil eu pagava 40 reais, aqui eu paguei 40 libras. Então, você precisa estar preparada financeiramente para poder sustentá-los. Os ingleses amam cachorros, mas eu acho que latido a noite inteira e o dia todo ninguém no mundo gosta, certo? São coisas que só você vindo para cá para ver como será mesmo. Boa sorte! Espero que tudo dê certo.

      Curtir

  6. Olá,

    Estou trazendo meus dois gatos e seu blog com certeza está sendo fundamental para todo o processo. Estamos no momento que a Sorologia está sendo analisada pelo Laboratório de Zoonoses. Uma informação importante é que depois de 30/11/2015 não haverá mais laboratório no Brasil para fazer este exame. A amostra deverá ser enviada para Europa (veja o site da Zoonoses de SP para mais info).
    A veterinária em Brasília quase fez a sorologia antes dos 30 dias depois da vacina de raiva (quem ficou com raiva sou eu que estou em Londres e minha mãe, quem está me ajudando com o processo do Brasil, confiou na veterinária).
    Enfim, o chip foi colocado dia 28/08, vacina foi dada no dia 29/08 e a sorologia coletada no dia 29/09.
    Passagens compradas Brasilia-Paris para dia 14/02/2016, logo depois do carnaval. Acabei de ligar para o VIGIAGRO e para veterinária para verificar datas por causa do carnaval. Estou procurando outra caixinha porque a que forneci como referência no vôo da AirFrance ainda é pequena para meus gatos, apesar de ela já estar aprovada pela cia aerea. O limite é 115cm e esta tem 111cm. (http://www.amazon.co.uk/dp/B00FSG0NEE?psc=1)
    De Paris eu e meu marido alugaremos um carro, ele me deixará com os gatos em Folkestone onde eu pegarei o trem para Londres e ele voltará para Paris para deixar o carro (realmente é muito caro alugar o carro em uma cidade e devolver em outra). Quando chegar em Londres pretendo pegar um Uber para casa.
    Agradeço imensamente os detalhes! Outra coisa pendente que quero confirmar é sobre os calmantes porque meus gatos já estão sofrendo muito com todo este processo. E gatos não são como cachorros que dá para dar uma passeadinha, rs.

    Curtir

    • Oi (não sei seu nome!) Obrigada pelo carinho da mensagem! Eu fiz vários posts e bem detalhados porque eu lembro na época foi um inferno! Eu procurava muita informação e mesmo as oficiais me davam dor de cabeça. Queria te agradecer MUITO por essa atualização MEGA importante sobre o Lab em SP. Vou fazer um post só sobre isso logo e atualizar o post sobre isso também! Obrigada!!

      Em relação ao carro, realmente é mais comodo fazer tudo de carro, mas nós não tínhamos a opção de voltar e então pegamos os trens e o taxi mesmo!

      Em relação a caixinha. Eles vão na cabine ou embaixo? Conversa direitinho com a Air France, mas lê o blog do Pequenos Monstros caso o seu gato venha embaixo, ok? Tem outros blogs também que falam sobre o transito de gatos. Eu acho que a coisa MAIS importante é pensar no bem-estar deles. TEM que ter agua (tem gente que coloca aquelas biqueiras de passarinho sabe?) e eles precisam estar alimentados (mas não o suficiente pra vomitar!).

      A caixa é importante prestar atenção, caso for as rígidas, pra elas não abrirem! Tem gente que compra cordas e dá vários nós.

      Em relação aos calmantes, dá para dar um calmante sim. A minha veterinária sugeriu um calmante que não dá sono, MAS cada animal reage de um jeito. O que você pode fazer, é fazer um teste em casa, essa semana mesmo. Fala com a vet se ela tem esse medicamento (que eu não sei qual é) e ve como eles reagem.

      Outra coisa, será que você não consegue colocar os dois próximos ou na mesma casinha? Eu não sei como funciona isso, mas acho que os dois juntos vão ficar melhor que separados né?

      Enfim, boa sorte! Me conte depois como foi 😉

      Curtir

      • Ola,

        Desculpe esqueci de colocar o nome, sou no comentario.

        Os gatos nao podem ir juntos na mesma bolsa. Vamos leva-los na cabine, um do lado do outro nos nossos pes.

        Vou ver certinho o calmante porque um deles com certeza vai precisar. Agora estou procurando veterinario que estara aberto no carnaval porque vou no Viagro no dia 11/02 depois do carnaval com toda papelada para emitir o CZI.

        Aviso aqui como deu tudo no final.

        Julia

        Curtir

  7. Oi pessoal que está lendo estes comentários. A leitora acima comentou que o Lab de SP comunicou que não estaria mais recebendo nenhuma coleta de sangue para fazer a sorologia a partir de novembro. Ela estava correta, obviamente. Todavia, atualizei hoje a pagina do Lab e aparentemente eles vão sim solicitar renovação com o GOV. UK O link da notícia é esse, fiquem ATENTOS! http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/saude/vigilancia_em_saude/controle_de_zoonoses/lab_zoonoses/index.php?p=5784

    Curtir

    • Olá!!!

      Faz 2 meses que trouxe meus gatos como descrevi acima e deu tudo certo.

      Primeiro, a Maria lá do Viagro de Brasília foi BEM solicita, liguem para ela para qualquer aflição sobre o processo.

      Sinceramente, em Paris no Charles de Gaule NINGUÉM pediu NENHUM documento! NADA!
      Alugamos o carro e chegando no Eurotunnel daí sim na border de UK escanearam os chips e pediram a papelada (de fora da caixinha mesmo, uma lindeza esse leitor de chip, fiquei aflita porque haviam dois cachorrões la na fila esperando para serem atendidos, imaginem se tiro dois gatos da bolsa)
      Um grande detalhe: essa papelada do Brasil tem validade de 4 meses, ou seja, se vc for viajar de novo depois de 4 meses, há necessidade de fazer todo o processo de novo mas daí sob o processo de UK que não sei como é, mais detalhes aqui (preciso ver tb) https://www.gov.uk/take-pet-abroad/pet-passport.
      O moço do Eurotunnel me auxiliou fazer assim que possível o novo “passaporte” porque a papelada já está na mão assim como a vacina ainda está valendo.

      Voltando sobre o trajeto, depois do Eurotunnel meu marido dirigiu até Folkstone onde peguei o primeiro trem para Londres com os gatos que foi para Charing Cross. Chegando lá finalmente peguei um táxi para casa. Meu marido dirigiu de volta para Paris sozinho para devolver o carro e pegou um vôo de lá no dia seguinte.

      Meus gatos não miaram NADA em nenhum momento, não comeram, não beberam água, não fizeram xixi muito menos coco. Foram dois gatos, um deles, mais assustado que nem dormiu. O outro ficou sossegado no vôo, só sentiu náuseas na partida e chegada e vomitou horrores (sorte que eu tinha aquela fralda de absorção dentro da caixinha que daí só troquei com ele dentro mesmo.
      Consegui arbitrar os assentos e ficamos meu marido, o gato assustado, eu, o gato gordo em uma fileira inteira do avião, eles não viajaram no pé.

      Ahhh, por questões de tamanho, comprei duas bolsinhas diferentes, uma para cada gato. Erro! Uma era muito melhor que a outra.
      http://www.amazon.co.uk/Petsfit-Fabric-Carrier-Medium/dp/B00VUMI324/ref=sr_1_1?s=pet-supplies&ie=UTF8&qid=1459726803&sr=1-1&keywords=Petsfit+Fabric+Large+Pet+Carrier Recomendo! (mas foi a que tinha extensão)

      Um detalhe: no Brasil, em Brasilia, precisamos tirar os gatos da bolsa para passar no raio x no nosso colo e a bolsa na maquina. Para quem tem gato, sabe que isso pode ser um incomodo.

      Chegando em Londres, o mais assustado tomou mais um tempo para se adaptar e teve crises de marcação de território contra o outro (eles vivem juntos desde que ele era pequeno, há 8 anos).

      Finalmente, hoje em dia estão brincando e pulando aqui neste momento 😉

      Foi estressante, confesso, o processo pré-viagem, principalmente porque o fiz a distância com auxílio da minha mãe que cuidava deles. A viagem foi mais sossegada que eu esperava e eu estava mais aflita com a burocracia do que deveria, acredito.
      Afinal valeu a pena!

      Qualquer dúvida, estamos ai!

      Curtir

      • Ah, esqueci de falar.

        Dei calmantes naturais para os gatos durante uma semana ANTES de viajar e no dia da viagem.

        Por fim, quando eles estavam nervosos pelo tramite eles babavam bastante!

        Curtir

      • Oi Julia. Que legal que deu tudo certo. Como falei no último post..pra gente também não conferiram nada em Paris. Também falei nos posts sobre a necessidade de fazer o passaporte. É só conferir o post sobre “quanto custa manter um cachorro em Londres”. Obrigada pelo seu relato. É muito importante pois as pessoas que lêem o blog acabam acompanhando todo o processo. Tudo de bom pra vocês.

        Curtir

      • Que coisa boa de ler. Estou trazendo uma gata pra Inglaterra em novembro e estou super aflita porque não estou com ela nos últimos estágios do processo.
        Estamos enviando a amostra pro laboratório de São Paulo amanhã, estou super aflita. Não vejo a hora disso acabar e poder ter ela aqui comigo ❤

        Curtido por 1 pessoa

  8. Olá!
    Nossa primeiro muito obrigada por detalhar tudo e ter a paciência de explicar todos os passos.
    contudo, eu fiquei um pouco confusa na parte que vai de paris pra Londres.
    Li…reli…porque eu lembro que fui num trem direto…e aqui parece Q tem baldeação…
    Aliás, o que mais me intrigou foi o motorista. Porque vc contratou ele? Vc não foi nesse carro com seu cachorro?
    Muito obrigada!!!!!

    Curtir

    • Oi Kayra, tudo bom? Vamos lá. Se você já pegou um trem direto de Paris a Londres (ou vice-versa) esse trem foi o EUROSTAR. A questão é que essa cia (que é diferente do Eurotunnel) não aceita cachorros em seu interior. Eu contratei o motorista porque para atravessar o EUROTUNNEL (https://www.eurotunnel.com/uk/home/) você precisa de um carro, certo? Tinhamos duas opções: 1) alugar um carro e levá-lo de Paris a Londres; 2) contratar um serviço de taxi. A questão é que eu optei pela opção mais barata (a do taxi). Alugar um carro em um país e devolver em outro fica MUITO caro. Entende? Obrigada pelo carinho.

      Curtir

      • Oi 🙂
        Será que vc tem uma ideia de quanto custa esse serviço de taxi + passagem de uma pessoa + animalzinho? É que tô fazendo um orçamento aqui pra ver que via vale a pena pra levar minha princesa ❤

        Curtir

      • Oi Camila! Olha, se vale ou não trazer sua cadelinha é uma questão um pouco maior do que o transporte dela para cá. Não acredito que uma pessoa deva abandonar seu animal. Todavia entendo que a questão financeira complica bastante. O que lhe digo é se você se organizar consegue trazê-la pois existem várias formas. Respondendo a sua pergunta.. o taxi é por volta de 100 libras (se eu não me engano, mas convido você a mandar email pra eles), e o Eurotunnel cobra 17 libras por animal. O preço de travessia do eurotunnel depende da epoca e do horário.. mas no site deles você pode conferir isso bem certinho! Espero que dê tudo certo e que consigas trazer sua pequena 😉 Será muito feliz aqui beijao!

        Curtir

  9. Pingback: Quanto custa manter um cachorro em Londres? |·

  10. Olá, estarei me mudando para o UK mês que vem e já estou no meio processo da minha cachorrinha, aguardando o resultado da sorologia ainda. Me tira uma dúvida eu moro em Curitiba, você teve que comprar reservas separadas dos trechos doméstico e internacional? Ou conseguir ir da sua cidade a SP e SP a França com uma única reserva? Obrigada

    Curtir

  11. Boa noite pessoal, estou em dúvida quanto realizar este trajeto.

    Seria possível alugar um veículo para atravessar o canal dirigindo ou vocês recomendam o taxi mesmo?

    Como entro em contato com esta empresa?

    Quando chegaram a Londres vocês providenciaram o Passaporte dele?

    Sabe me orientar quanto ao processo?

    Obrigado!

    Curtir

  12. Que post sensacional!
    Eu e meu noivo estamos indo com nossos 2 bebês gatinhos para a Escócia ainda este ano. Estamos no aguardo do resultado da sorologia, e aí resolvi ler melhor a respeito do transporte de animais para UK.
    Eu estava super crente que eu ia poder leva-los direto pra Edimburgo na cabine sem problemas, e foi uma triste surpresa quando li que eles não poderiam ir conosco. A felicidade de ler o seu relato não tem preço, com certeza farei o que você fez, mas como ainda terei um longo caminho de Londres até Edimburgo, fico preocupada com o bem estar deles.

    Obrigada pelo seu post!
    Julia Testa, obrigada também! Ler relatos com gatos também me tranquilizam, pois os meus ODEIAM sair de casa pra qualquer coisa!

    Ah, apenas uma atualização: O CCZ em São Paulo voltou a fazer o teste de sorologia! Se não me engano, voltaram dia 25 de abril!

    Beijos

    Curtir

    • Priscila muito obrigada pelo seu carinho e atualização. Tenho uma amiga que trouxe 2 gatos pra Leicester uma cidade aqui do UK. Na verdade eu só fiquei sabendo que meu dog poderia vir comigo 100% do tempo pq ela me deu todas as dicas. Gatos são mais acanhados mas eu acho que estando ao seu lado ficará tudo bem. As cia aéreas que voam dentro do UK não aceitam animais na cabine…o que você pode fazer é pegar o Virgin train de Londres pra Edimburgo. Eu não me atualizei mais sobre as cia aéreas aqui dentro..caso você saiba de alguma que está aceitando por favor nos avise tbm! Um forte abraço

      Curtir

  13. Ola, adorei o post. Parabens. Mas gostaria de saber se posso levar o meu cachorro da Raca Rottweiler para londres no inverno e ele ficar no Quintal da casa que aluguei? POrque o dono da casa nao aceita animais dentro de casa 😦
    Abracos

    Curtir

    • Vania..é bem complicado eu te responder isso porque não tenho um cachorro de grande porte. Meu pequeno quando está no outono e inverno chega a usar 2 roupinhas. Primeira coisa a se fazer é verificar se o UK permite essa raça. Te digo isso, pois o pitbull por exemplo é proibido. Segundo é tentar achar algum veterinário aqui (veja em sites de vets) pra te dar informações sobre essa raça..e como eles suportam o inverno. Sinceramente eu acho que teria que ter uma senhora casinha..com um teto a prova de chuvas e bem bem quente… desculpa não poder te dar melhores informações.

      Curtir

  14. Olá!
    Primeiramente quero agradecer por toda descrição que você fez, pois ainda não havia encontrado informações como estas que você colocou.
    Nós iremos com nosso bichinho no próximo mês e estamos verificando o que falta para deixar tudo bem planejado.
    Gostaria de tirar uma dúvida com você. Foi necessário fazer um passaporte EU para seu dog na França, para assim entrar em UK? Ou somente o CVI fez com que a entrada fosse aceita?

    Curtir

    • Oie Camila! Imagina! Eu fiz questão de escrever tin tin por tin tin porque eu sabia que não tinha nada explicando passo a passo. Eu fiz o passaporte dele somente depois de chegar aqui..e na verdade o passaporte é uma segurança pra caso a gente tivesse que viajar de emergência estava tudo em dia. Teoricamente você não precisa fazer. O CZI é o que você precisa pra entrar aqui na Europa e no UK. A questão é que ele tem uma validade de 4 meses (acho..não lembro certinho), por isso acabamos fazendo o Pet passaport quando ele chegou. Eu falo sobre os gastos do passaporte e outras coisas em um outro post. É só ir no menu vida de cachorro! 😉

      Curtir

      • Olá! Continuo ainda a te agradecer muito por seu blog. Hoje deixei a documentação no Vigiagro de Santos e eles me informaram que só podem fazer o documento para a entrada na França. Estou preocupada por ter problemas ao chegar no canal da mancha. Como fizeram seu CZI? Descreveram a entrada de avião na França e de carro no Reino Unido?
        Como meu documento será feito com antecedência, só darei o remédio que eles exigem perto da viagem, sendo assim só terei a descrição do mesmo depois na emissão do CZI.
        Esta burocracia é uma loucura!rs

        Curtir

      • Oi Camila. O CZI foi feito com o endereço de Londres (é sempre o endereço final), mas a mulher que fez o CZI escreveu na parte de país (França e Reino Unido) em português mesmo. O importante é o endereço final. Eu não entendi a questão do medicamento. Lembre-se que ele precisa estar no CZI. Se poder me explicar melhor talvez possa te ajudar

        Curtir

  15. Oiii, nossa o site foi a minha Luz no fim do tunnel, pq em todos os lugares que eu li eu vi que era possivel entrar no Reino Unido por algumas companhias areas apenas, e algumas rotas aprovadas, no entanto liguei em diversas companhias para fazer a confirmação antes de comprar a passagem e ngm aceitava levar pro Reino Unido, nem como bagagem!! so por carga, é e um valor absurdo!!!! Decidimos então ir de trem pela frança, tomara que tudo der certo pra gente assim como deu pra vcs!!! Vamos morar em Edinburgo!!!

    Curtir

    • Oi Jirlene. Entendo bem como é isso. Passei por todas essas tristezas tbm. Uma dica que te do é de repente fazer uma parada por londres ou alguma outra cidade antes de partir pra edinburgh. É uma pernada longa de Londres ate la de trem e é cansativo..ainda mais pra quem vai estar vindo de uma viagem de aviao. É uma cidade lindisima..voces vao amar! Td de bom 😉

      Curtir

  16. Gostaria de saber como foi a chegada no aeroporto de Paris na imigração você foi com passagem de ida e volta eles perguntam se vai ficar em Paris Onde vai ficar etc? Te deram o visto para quantos dias? Você falou do trajeto que iria para a Inglaterra? ?

    Curtir

    • Oi Carol, como comentei no blog.. eu estou fazendo doutorado no UK, ou seja eu tenho visto para estar aqui. Mas brasileiros nao precisam de visto para visitar UK e Europa por um tempo X. No caso do pet, ao chegar na imigração eles nem olham nada dele, só querem saber dos nossos documentos. Foi somente quando estava perto da porta, tinha um policia fazendo uma vistoria de olho nas pessoas, e perguntou pra mim se os documentos do cachorro estavam em dia.. eu falei que sim, e ele me deixou passar (sem ver nada). No entanto isso nao acontece no UK. No UK a vistoria foi grande, e eles leem tudo. No CZI estava escrito França e Reino Unido como local de destino, e um endereço aqui de Londres como destino final. Abraços e tudo de bom.

      Curtir

  17. Olá, não sei o que fazer, tenho dois dogs que quero levar para Londres, mas eles pesam mais de 7kg… um pesa 7.300 e o outro 9kg… o que faço? me dê uma sugestão por favor!

    Curtir

    • Oi Marcia. As cia aereas permitem no max 8 kg contando com a mala. Acredito que algumas ate no max 7kg. O ideal seria vc despachar os dois dogs juntos. Escolha uma cia que mande direto pra Londres, com um despachante confiavel. Eu realmente nao sei lhe indicar nenhum, mas dizem que a TAP é mto boa pra transporte de animais.

      Curtir

  18. Olá! Tá chegando a hora de viajar com a minha filhota de 4 patas e estou reservando as passagens e afins. Falta só reservar o taxi e o trem pra casa agora, mas me bateu uma dúvida. Estando tudo certinho com os documentos e tudo mais, quanto tempo leva de sair do trem em Calais Ville até terminar de atravessar o canal, incluindo a vistoria que é feita no bichinho e a imigração? As passagens de trem pra casa estão pelo olho da morte e tô querendo ver como dá pra economizar.
    Viajamos em uma semana!

    Curtir

  19. Olá
    Segui todas suas dicas para vir para Londres em abril, achei super fácil da maneira que explicou foi de grande ajuda para mim!
    Agora em janeiro 2017 estou retornando para o Brasil é gostaria que você me ajudasse com suas dicas!
    Quais os documentos que preciso para retornar ao Brasil? Minha cachorrinha já renovou a vacina anti rábica no mês passado, preciso do CZI como devo fazer?
    Lisi

    Curtir

  20. Oi, recebi umas notificacoes de mensagem aqui e resolvi vim compartilhar minha experiencia.
    Eu postei algumas varias vezes sobre o fato de que estava trazendo minha gata pra vir morar comigo. Tudo certinho, todos os documentos prontos, viagem marcada, vet assinou o certificado de saude, atendimento no VIGIAGRO agendado…
    A viagem estava marcada pra terca feira, dia 15/11. No sabado, dia 12, estavamos so nos duas e os outros gatos em casa, brincando. Ela estava comigo em isolamento pra nao correr o risco de pegar nada com os outros gatos (os gatos na casa dos meus pais tem total liberdade pra passear, por mais que sejam caseiros).
    Enfim, a gente brincou um pouco, ela deitou, cansada, deus tres grunidos como se estivesse com dor, se esticou, e faleceu, ao que tudo indica foi um ataque cardiaco.
    Nao consigo bem explicar aquele momento, a dor absurda, ou todo o processo de luto envolvido. Foram dias horriveis, de uma tristeza profunda como eu nunca tinha sentido, e olhe que ja tive muito bicho de estimacao.
    Consegui cancelar todas as passagens dela, incluindo o taxi (a empresa foi fantastica, retornou todo o dinheiro).
    Tenho em mente que foi como tinha que ser. Ela surgiu na minha vida em um momento que eu nao tinha chao, e foi embora quando minha vida tomou rumo. Nao quero nem imaginar como eu teria me sentido se ela tivesse falecido durante o percurso, com todo o estresse, medos.
    Ela vai estar sempre no coracao. Ainda doi, muito. A gente adotou uma gatinha aqui, coisa de uma semana depois, e tento dar pra ela todo o amor que ta dentro de mim e que eu nao sei bem o que fazer com ele. A gatinha nova nao eh uma substituicao, ela eh uma adicao, pra me ajudar a superar a dor.

    Eh isso, meu povo. As coisas sao como tem que ser.
    (desculpem a falta de acentos)

    Curtir

    • Oi Camila! Nossa! Quantos anos tinha a sua gatinha? Eu choro toda vez que penso no dia que isso acontecer com meu pequeno. Ja perdi outros filhos e esse vai ser com ctz a pior das dores. Todos os cachorros e gatos merecem o ceu. Desejo muita força pra vc. Um abraço bem apertado

      Curtir

      • Ela tomou algum remedio nos dias que antecederam? Digo aquele que eh obrigatorio aqui pro reino unido (tapeworm) que eles chamam. Tem varias marcas..endogard eh uma por exemplo. Te pergunto isso pq como disse no post esses medicamentos sao bem fortes. Espero que ela tenha ido na sua hr..morro de medo guria de dar esses remedios industrializados e cheios de produtos estranhos ;(

        Curtir

      • Ela nao tomou esses remedios nao, ate pq sao obrigatorios so pra cachorro. Mas ela tomou um antifugico pq o gato da vizinha tava doente e eu tava neurotica (sob acompanhamento veterinario, tah?!) Nao acho que tenha sido isso pq geraria sintomas antes se ela tivesse tendo algum problema. Ela comeu e fez xixi coisa de 10 minutos antes do que aconteceu, ou seja, estava bem, entao nao foi isso.

        Curtir

  21. Oiiiiii com sua ajuda cheguei na Itália, deu tudo certo, viemos com nossos dois shith-tzu!!!! Mas acho que não vamos ficar morando aqui, vamos realmente pra Inglaterra, você sabe me dizer como faço daqui da Itália, iria de carro por França, mas estou perdida quanto aos documentos.
    Se puder me ajudar te agradeço muito.
    Gisele

    Curtir

    • Gisele, você precisa ir num veterinário registrado ai pra fazer o passaporte pet. O ideal é verificar no site do Gov Uk os documentos. Ta tudo explicado la pra quem esta vindo da europa 😉 basicamente é raiva em dia, chip, e o vermifugo (aquele especifico que falo em algum dos 4 posts). Confere certinho no site que nao tem erro!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s